www.viagensdenavio.com.br

.

Brasil, quarta-feira, 16 de janeiro de 2019
Olá amigo navegador, bom dia!

Cruise Stock
  STOCKS:   Carnival Corporation (NYSE:CCL) 24.19 -0.04%                P&O Princess Cruises plc (NYSE:POC) 26.90 -0.74%                 Royal Caribbean Cruises (NYSE:RCL) 15.45 -2.22%                 ROYAL OLYMPIC (NasdaqNM:ROCLF) 1.10 -9.09%>

.Home Ports around the WorldMiami, Capital Mundial dos Cruzeiros Marítimos - Santos, Capital Brasileira dos Cruzeiros - Barcelona, Capital Européia dos cruzeiros - Veneza, Capital dos cruzeiros para a Grécia - Copenhagen, Capital dos cruzeiros para o norte da Europa

Navegantes

17 usuário(s) online no nosso site neste momento!

.

 

Splendour of the Seas volta ao Brasil

O Splendour of the Seas volta ao Brasil para a temporada 2007-2008 de cruzeiros marítimos, com saídas a partir de Santos. A Argentina também será contemplada com cruzeiros que vão de Buenos Aires a Valparaiso. Ao todo serão 12 saídas, mais as viagens transatlânticas. O anúncio foi feito oficialmente por Maria Sastre, vice-presidente da Royal Caribbean para AL e Ásia, que esteve no Brasil.

 

Roteiros em formato pdf

 

Tarifário em formato pdf

Data  Roteiro
13/01
14/01
15/01
16/01
17/01
18/01
19/01
Santos
Navegando
Búzios
Cabo Frio
Parati
Ilhabela
Santos
27/01
28/01
29/01
30/01
31/01
01/01
02/01
Santos
Navegando
Búzios
Cabo Frio
Parati
Ilhabela
Santos


A Royal Caribbean e a Sun & Sea, representante da companhia no país, resolveram assumir pelo menos uma temporada do Splendour of the Seas por aqui, o que é uma mostra de confiança no mercado nacional e nos esforços para o incremento do turismo. Até 2007, as empresas esperam que as negociações com autoridades brasileiras avancem para permitir que a operação continue nas próximas temporadas.

O Splendour of the Seas, considerado um marco para o setor de cruzeiros marítimos no Brasil, foi o primeiro (e único) navio da Royal Caribbean a fazer viagens regulares pelo país durante duas temporadas seguidas (2000/2001 e 2001/2002). Em cada uma delas, a companhia movimentou cerca de R$ 22,3 milhões entre publicidade, taxas portuárias e contratação de pessoal para apoio nos embarques/desembarques. Foram também repassados mais de R$ 10 milhões para os agentes de viagens e, além disso, passageiros e tripulantes movimentaram a economia das cidades visitadas num montante estimado em mais de R$ 69 milhões.

Mas tudo isso não foi o bastante para o Brasil ‘ segurar' a Royal Caribbean por aqui - entraves burocráticos e legislativos fizeram a empresa se voltar para outros destinos a partir de 2003. A Normativa 66, criada para regulamentar o trabalho nos navios, foi alterada recentemente para exigir que no mínimo um terço dos tripulantes sejam brasileiros, a partir de 31 dias de operação da embarcação no país. Antes, a mesma regra determinava que 25% dos funcionários deveriam ser nacionais, a partir de 91 dias de operação. “Não há nenhum outro país no mundo que imponha condutas do gênero. Além disso, desde 2000 a falta de clareza da legislação de cabotagem também é um forte entrave”, diz Eduardo Nascimento , diretor geral da Sun & Sea.

No entanto, com a constatação do crescimento de mais de 500 % do mercado de cruzeiros no país desde a primeira vinda do Splendour e a expectativa real de mudança de algumas regras até 2007, a Royal Caribbean resolveu insistir. “Hoje o setor está muito mais organizado, a fundação da Associação Brasileira dos Representantes de Empresas Marítimas, a ABREMAR, é prova disso. Estamos também nos movimentando para a criação de um curso preparatório para funcionários de navios, para que se crie mão-de-obra suficiente, o que ainda não há”, continua Nascimento.

“Com a extensão de seu litoral, as boas condições meteorológicas (diferente do Caribe e Ásia) e as indiscutíveis belezas naturais e culturais, o Brasil tem potencial para ser um dos destinos mais atraentes e procurados pelas grandes companhias de cruzeiros do mundo”, afirma Maria Sastre. “Os impactos econômicos totais da atividade dos cruzeiros marítimos na temporada 2005/2006 no país geraram R$ 245,6 milhões de renda e a criação de 14,1 mil empregos*. Vale a pena insistir para colocar o Brasil definitivamente no mapa dos grandes investimentos da indústria de cruzeiros.” , completa Eduardo Nascimento.

* Fonte: Fipe-Usp

Inesquecível
O Splendour of the Seas continua presente na memória dos que o conheceram. O navio, um dos mais luxuosos que passaram por aqui, foi eleito por 4 anos seguidos o melhor navio de cruzeiros pelos leitores da Viagem & Turismo, uma das mais importantes revistas especializadas em turismo do país. Isso apesar de estar longe da costa brasileira há anos. Confira alguns dados do Splendour, que passou por revitalizações importantes e oferece ainda mais atrações:

Destaques

-Parede de escalada a 61 metros acima do mar (veja fotos exclusivas)
- Mini campo de golfe com 18 buracos
-Pista de cooper
- Academia e spa completos
- Piscina coberta
- Piscina ao ar livre
- 4 jacuzzis
- Solarium com teto solar
- Bares temáticos
- Salões de jantar com paredes de vidro
-Lounges
- Cassino
- Centro de convenções
- Teatro para 800 pessoas
- Perfumarias, butiques e outras lojas
- Clube para crianças e adolescentes

Ficha técnica
Comprimento: 268 m
Largura: 32 m
Tonelagem: 70.000
Velocidade: 24 nós
Capacidade: 2.076 hóspedes
Cabines: 902, sendo que 40% das suítes externas possuem varandas
Tripulação: 723 profissionais
Madrinha: : Lisa Wilhelmsen, batismo em 1996
Bandeira: Noruega


Faça hoje mesmo sua reserva!
Saiba como comprar seu Cruzeiro Marítimo

Página anterior | Página inicial

Viagens de Navio Publicidade e Consultoria Ltda
Desde 1998 (since 1998)

 Viagens de Navio não trabalha com contratação de mão de obra, bandas e artistas. Favor visitar a nossa página
 dicas como se conseguir uma vaga nas empresas de cruzeiros

Over 50.000 visits per month (Acima de 50.000 visitas/acessos mensais)
(We welcome to ad with us all travel agencies, tour operators, cruise companies and service providers to the cruise industry) -  São bem-vindos em anunciar conosco; agências de viagens, operadores, companhias de cruzeiro, operadoras de turismo receptivo e prestadores de serviços para navios de cruzeiro.

General e-mail: vn@viagensdenavio.com.br
Política de Informação (Disclosure of information policy) | Quem somos? (About us)

copyright © viagensdenavio
Todos os direitos reservados. É proibida a Reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Viagens de Navio.